Academia x Mercado: versão março de 2021 - Blog ContabilidadeMQ

Blog ContabilidadeMQ

Blog ContabilidadeMQ

sábado, 13 de março de 2021

Academia x Mercado: versão março de 2021

Eu sempre disse que independente de qualquer coisa, eu nunca pretendo me afastar da academia. Até porque o meu trabalho no TC é basicamente o mesmo que eu fazia na Universidade - porém com mais recursos, com equipe sendo bem remunerada e sem burocratas e suas burocracias para me atrapalhar.

Eu sei também que sempre que falo essas coisas que vou falar neste texto, cada vez mais sou boicotado por alguns tipos de acadêmicos. Não me importo com isso. Não vou deixar de falar o que penso e o que pode fazer com que a pesquisa científica brasileira possa ser mais útil para a sociedade.





Desde 03/2019 eu estive como Editor Associado da área de Contabilidade e Finanças da Brazilian Business Review (BBR),  uma das principais revistas científicas de finanças do Brasil.

Desde 04/2019, eu também estive à frente da Newsletter da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Contabilidade (ANPCONT), como cofundador e primeiro Editor-Chefe - ajudando a tirar do papel a ideia da Diretoria anterior da ANPCONT.

Hoje estou saindo da editoria das duas, para dar espaço para novas cabeças poderem trazer novas ideias e novas contribuições, e estou entrando efetivamente como Editor Associado Ad-hoc da Revista de Contabilidade & Finanças da USP

Estas 3 instituições citadas estão sempre dispostas a aproximar academia e mercado. Infelizmente ainda temos gente que pensa diferente e é sobre isso que falarei nos próximos parágrafos - mas acredito que eles não sejam maioria, de qualquer forma... ainda bem.

Preparados? Vamos lá! 

CONTEXTUALIZANDO A "DIFERENÇA ENTRE ACADEMIA E MERCADO"

Disclaimer inicial: isso aqui é a minha percepção pessoal, com base no que eu tenho vivido desde setembro de 2019, especificamente.

É legal ver que não são todos os componentes do que chamamos de "academia" que têm a visão dinossauresca de que só acadêmicos-universitários podem participar da "academia" - como se fosse de fato uma academia ou um clube que só se pode entrar com o selinho universitário. 

Na parte do mercado eu nunca tive um problema por ser considerado acadêmico. Pelo contrário, tenho muita abertura com muita gente do mercado e estou no TC justamente pela minha formação acadêmica e aproximação com o mercado. 

Já na academia, tive alguns problemas que me entristeceram muito, porque eu não esperava uma cabeça tão fechada vindo de alguns acadêmicos. Aqui estão dois exemplos:

  1. Logo quando vim para o TC, a organização de um grande congresso de finanças do Brasil me convidou para ser coordenador de uma área de pesquisa, mas quando descobriram que eu não estava mais com o selinho universitário, me desconvidaram de uma forma até grosseira e pouco educada (praticamente me ignorando e não me respondendo mais, após o "desconvite"). 

  2. Outra vez, meu nome foi sugerido para ser editor de uma revista científica, mas não foi aceito pelo conselho porque eu não estava mais com o selinho universitário.

Meu amigo Zé Elias, atual Presidente da Anpcont, sempre me diz para esquecer isso. Desculpa, Zé, mas eu nunca esquecerei. Por outro lado, eu também nunca deixarei a academia de lado, apesar do dinossaurismo de alguns. 

Se engana quem pensa que isso é uma questão de idade. Não parece que seja! Tenho receio de que existam mais dinossauros da nova geração do que da geração anterior, inclusive. Vamos trabalhando para não deixar os dinossauros atrasarem o desenvolvimento da academia.

UM PASSO A FRENTE E VOCÊ JÁ NÃO ESTÁ MAIS NO MESMO LUGAR

Para a galera, principalmente da Academia, que reclama de preconceitos da galera do Mercado, mas é cheia de preconceitos, sugiro que leiam esse editorial que eu escrevi em 2020 - foi um pequeno desabafo sobre o preconceito que sofri quando perdi o "selo" universitário - dei mais detalhes sobre isso no tópico acima, com os dois exemplos - teve mais algumas coisas, porém já é informação demais para uma primeira conversa.

No link do Editorial, em resumo, adicionalmente, eu disse que as nossas pesquisas científicas nunca devem ser feitas para ficarem presas nos muros (ou nas grades) das universidades. Como diriam os grandes filósofos (não tenho certeza sobre quem é o autor original) Bob Marley e Mano Brown: as grades nunca aprisionarão os meus pensamentos.


Porém, mesmo com alguns pequenos empecilhos, eu nunca vou me afastar da academia. Meu trabalho e uma grande parte da Revolução que o TC, o TC School e o TC Matrix estão fazendo aqui no Brasil depende de evidência científica; e contribuir com a academia mais diretamente é um hobby para mim, me dá prazer de fato - não é um trabalho adicional.

Então é minha obrigação e dever revolucionário é continuar como seu sempre fiz: um pé em cada lado, sem separação entre "teoria e prática" - coisa que não faz o menor sentido.

Sendo assim, apesar de estar me despedindo da BBR e da Newsletter da Anpcont... estou começando uma nova jornada na Revista Contabilidade & Finanças (RCF), mantida pela USP - a melhor revista de contabilidade do Brasil e também uma das melhores do Brasil na área de finanças.

Continuarei tentando contribuir na medida do possível, apesar de tudo.


CONCLUSÃO

Concluo este texto com dois últimos tópicos:
  1. Agradecimento e último sonho acadêmico realizado
  2. Como os acadêmicos podem contribuir mais com o mercado 


AINDA BEM QUE NÃO EXISTEM SÓ OS PROFISSIONAIS QUE NECESSITAM DO SELO UNIVERSITÁRIO

Obrigado ao Professor Fabio Motoki (antigo Editor-Chefe e hoje está na University East Anglia) pelo convite para entrar na BBR, ao Professor Claudio Wanderley (UFPE) pelo convite para criar e ser o primeiro Editor-Chefe da Newsletter - agora estamos juntos também na RCF.

E meu muitíssimo obrigado ao Professor Fabio Frezatti (Editor-Chefe da RCF) e a Professora Fernanda Finotti (Editora Associada de Finanças) pelo convite para ser Editor Associado Ad-hoc da RCF.

Na primeira conversa que tivemos eu deixei claro para eles dois que eu não tinha mais o selo universitário e se isso não seria um problema para eles, dado que eu já tive problemas com isso no passado recente e a resposta que eles me deram foi MUITO ANIMADORA.

Estar no quadro de editores da RCF era o meu último sonho acadêmico. Achava que depois da decisão de vir para uma empresa esse sonho seria impossível de ser alcançado, mas o dia chegou. 

Obrigado pela confiança!

COMO CONTRIBUIR COM O DESENVOLVIMENTO DA ACADEMIA E DO MERCADO?


Aqui estão alguns exemplos de como eu tenho contribuído e todos os que lerem este post e quiserem me ajudar nisso, estou completamente disponível

Minha principal missão é ajudar a acabar com o terraplanismo no mercado financeiro e para isso precisamos de acadêmicos sérios e com a cabeça aberta.

Algumas ações que temos feito aqui no TC:
  1. Textos baseados em pesquisa científica, com linguagem mais acessível para o público em geral: abrimos espaço no nosso site para divulgar textos relacionados à contabilidade, governança corporativa, finanças em geral e investimentos. Exemplo: texto do Professor Murcia com sua ex-orientanda sobre o relato integrado
  2. TC Radio para divulgar resultados úteis de pesquisa científica para o mercado financeiro: na minha primeira participação, por exemplo, apresentei os resultados de uma pesquisa que fizemos no TC Labs para desenvolver modelos que estimem o risco macroeconômico do Brasil, com os Índices TC de Incerteza Macroeconômica
  3. Patrocínio da Olimpíada Brasileira de Educação Financeira: patrocinamos eles desde 2019
  4. Cursos gratuitos também baseados em ciência, sempre que possível, e em parceria com Universidades: a exemplo do Guia do Jovem Investidor
  5. Treinamento específico de ações e outros benefícios para universitários: disponibilizamos cursos gratuitos e diversos outros benefícios para os Universitários que participam do projeto TC Universitários conosco. Mais informações podem ser encontradas aqui neste vídeo.
  6. E-books diversos e gratuitos: temos vários baseados em ciência, a exemplo de um sobre IPOs (falamos até de gerenciamento de resultados) e um sobre o que acontece após as crises e como se proteger de forma eficiente delas (dados de 301 países e 100 anos de história)
  7. Campeonato Brasileiro de Análise Fundamentalista: iniciamos este projeto em 2020 para auxiliar Professores e alunos universitários (desde a graduação até o doutorado) a compreenderem melhor o processo de análise fundamentalista, sempre em contato com pessoas do mercado de capitais (analistas, gestores e professores muito experientes). Na primeira edição tivemos a participação do Professor Eliseu Martins, Henrique Bredda (gestor da Alaska Asset) e Adeodato Netto (Estrategista-Chefe da Eleven Financial Research). Todas as informações da competição estão aqui e se quiserem ver a final de 2020, com as equipes e os membros da banca debatendo, clique aqui.
  8. Sistema completo e gratuito de análise fundamentalista: nosso sistema TC Matrix foi desenvolvido por pesquisadores, gestores e analistas. A versão gratuita pode ser usada facilmente em sala de aula pelos professores e alunos. Basta acessar aqui, sem login - a versão com login é mais completa, mas também totalmente gratuita até o momento (13/03/2021)
  9. Gibis gratuitos de educação financeira para crianças: fizemos os gibis em parceria com o Projeto Universitário Educação Financeira para Toda a Vida.
  10. Contratação de mestres e doutores: temos hoje, no TC, só nas áreas que eu atuo, 8 mestres/doutores nas mais diversas áreas - contando comigo. Fora a indústria, acredito que estamos entre as empresas que mais contrata pós-graduados - sem ser para atividades de ensino, inclusive.

O espaço para divulgação de suas pesquisas e até parcerias, dentro do que for possível, está sempre aberto. 

Os Professores/Pesquisadores que já têm meu contato, podem falar pelo whatsapp sem maiores problemas. Quem não tem meu contato, sugiro que fale comigo pelo Instagram.

Gostaria de ver mais gente da academia tentando se aproximar mais do mercado, por exemplo, por meio dos textos - semelhante ao exemplo que dei do Professor Murcia anteriormente.

As portas do meu lado sempre estarão abertas! 


3 comentários:

  1. it was a wonderful chance to visit this kind of site and I am happy to know. thank you so much for giving us a chance to have this opportunity.. hospedagem barata

    ResponderExcluir

Translate