Morte súbita de executivos e a reação dos preços das ações - Contabilidade & Métodos Quantitativos

Contabilidade & Métodos Quantitativos

Contabilidade & Métodos Quantitativos

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Morte súbita de executivos e a reação dos preços das ações

Uma das coisas mais legais do Facebook é a ferramenta "On this day", que nos relembra o que estávamos postando neste mesmo dia, porém no passado. Às vezes sentimos um pouco de vergonha, mas às vezes temos coisas legais, como as de hoje.

No dia 02/10/2011, por volta de 13h10 (a ferramenta dá até a hora kkk) eu estava lendo o artigo "A survey of corporate governance", de Shleifer e Vishny (1997)


Um trecho interessante me chamou a atenção:

"Um dos mais macabros estudos de eventos foi feito por Johnson, Magee, Nagarajan e Newman (1985), que encontraram que as mortes súbitas de alguns executivos - acidente de avião ou ataque cardíaco - geralmente são acompanhados por acréscimos nos preços das ações que esses executivos gerenciavam"

Isso é que é gostar dos seus gestores!

Geralmente, as maiores variações ocorrem com empresas onde o "dono" construiu um "grande império" sem se preocupar muito com os investidores. Então é de se esperar que, com a morte do dirigente, assuma alguém que se preocupe mais com seus acionistas.

Fico pensando o que poderia ter acontecido com a morte de um determinado vendedor de powerpoint brasileiro, naquela época...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate