As principais certificações internacionais em IFRS – Parte I - Contabilidade & Métodos Quantitativos

Contabilidade & Métodos Quantitativos

Contabilidade & Métodos Quantitativos

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

As principais certificações internacionais em IFRS – Parte I

O blog IFRS Brasil está com uma "série" de posts sobre certificações em IFRS. Já falei aqui no ContabilidadeMQ sobre o IFRS Graduate, em "Certificação ajuda a subir na carreira". Eles complementam falando sobre mais dois.

No primeiro post, os autores falaram sobre a ACCA (Association of Chartered Certified Accountants). Para ler o post completo, basta clicar no link que está no final do post, com a fonte:

ACCA

Esta entidade oferece duas certificações em IFRS: o DipIFR (Diploma in International Financial Reporting) e o CertIFR (Certificate in International Financial Reporting).

CertIFR – Certificate in International Financial Reporting

O CertIFR atesta conhecimentos básicos das normas internacionais. Esta prova não exige conhecimentos prévios (embora seja de grande valia) não exigindo nenhuma qualificação anterior (como graduação em contabilidade, CPA, CA, CRC, etc). Pode ser prestada em qualquer época do ano a qualquer hora, pois é uma prova on line. A prova pode ser paga via cartão de crédito. É possível o estudante comprar o material específico da ACCA para a prova (creio que não vale a pena, pois é bem simples). A prova tem uma hora de duração para responder as 25 questões de múltipla escolha. O estudante tem 3 tentativas para passar. Não conseguindo passar nas três, deve pagar tudo de novo e tentar novamente.


DipIFR – Diploma in International Financial Reporting
Esta sim é uma prova realmente difícil. Embora sejam apenas 4 perguntas (discursivas, é claro), estas são muito complexas, sendo que o grande problema para passar, além da dificuldade é o tempo. Geralmente, você gasta mais de 1 hora para fazer uma questão.  Até dezembro de 2009 eram 5 questões, onde o estudante deve responder 4 (sendo a primeira questão, de consolidação, obrigatória). Esta prova é oferecida duas vezes ao ano (junho e dezembro), sendo estas provas presenciais. No Brasil, ela é aplicada somente em São Paulo (British Council). Além do vasto material, o estudante deve se preparar para o tipo de questão exigido.
Fonte: IFRS Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate