Pontos-chave para excelência em gestão - Contabilidade & Métodos Quantitativos

Contabilidade & Métodos Quantitativos

Contabilidade & Métodos Quantitativos

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Pontos-chave para excelência em gestão

Nessa semana e nas próximas estou substituindo uma colega professora das Faculdades Luiz Mendes (disciplina de gestão da qualidade) e, conforme prometido aos alunos, estou tentando publicar alguns posts sobre qualidade que estão ligados à contabilidade, ou apenas aos negócios. Então aqui vai o primeiro, que trata do tema principal da nossa primeira aula (planejamento da qualidade) e Pequenas e Médias Empresas (que eu falo sempre).



Responsáveis por 20% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e por 54% dos empregos formais, as micro e pequenas empresas (MPE) ainda esbarram nos mesmos desafios de qualquer organização: como gerir bem o negócio, empreender ações inovadoras, suprir as necessidades do mercado e sobreviver às transformações econômicas globais. Sendo que o último item é apontado como sendo o principal desafio para a gestão das MPEs, na opinião de Juliana Iten, gerente de Convênios e Parcerias da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).
De acordo com estudo da consultoria Mckinsey, as organizações devem ser impactadas, nos próximos anos, por cinco forças globais de transformações. São elas:
1. O crescimento de mercados emergentes, com alterações demográficas
2. Produtividade do trabalho
3. O fluxo global de produtos, que é impactado por informações e capital
4. As mudanças climáticas e a sustentabilidade
5. Crescimento do papel dos governos nas economias e na sustentabilidade ambiental e social

Diante desse cenário de incertezas e constantes transformações globais, adaptar metas e objetivos da empresa a essas mudanças passa a ser primordial para que as MPEs tenham visão de futuro e saibam identificar seus pontos fortes e fracos, as ameaças e oportunidades, de forma a melhorarem a gestão do negócio e se tornarem mais competitivas.
“Ou seja, cada vez mais se faz necessário estabelecer um planejamento estruturado a curto e longo prazo, que seja dinâmico e adaptável às mudanças complexas que afetam o mundo corporativo”, completa a gerente da FNQ.
Passando por essa parte introdutória, o artigo mostra os "12 pontos-chave para o desenvolvimento da gestão". Leia o artigo completo clicando aqui. Todos os conceitos trabalhados na sala estão inseridos nesses 12 pontos: metas, entender e atender as necessidades do cliente, entre outros.

Acesse também o site da Fundação Nacional da Qualidade e conheça o seu trabalho (clique aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate