O melhor investimento é o de longo prazo?! O que é longo prazo? - Contabilidade & Métodos Quantitativos

Contabilidade & Métodos Quantitativos

Contabilidade & Métodos Quantitativos

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

O melhor investimento é o de longo prazo?! O que é longo prazo?

Um resumo em vídeo desse texto está disponível no final do post. Aproveite para se inscrever no canal!

Peço que me permitam iniciar o post de hoje com uma frase (muito clichê) de Warren Buffet: "Se alguém está sentado à sombra de uma árvore hoje, é porque alguém plantou essa árvore muito tempo atrás".

Quando você começa a ler sobre investimentos ou procura alguém para te assessorar sobre o assunto, uma das primeiras coisas com que você se depara é com recomendações de investir pensando em longo prazo!

E aí você começa a ver que os investidores mais bem-sucedidos do mundo são investidores de longo prazo, que criaram a cultura de poupar para investir o máximo.

Exemplos bem-sucedidos não faltam. Muitos de vocês já devem estar cansados de ouvir falar em Warren Buffet, Charlie Munger, Philip Fisher, Luiz Barsi, Luiz Alves Paes de Barros, entre outros.


As frases atribuídas a esses nomes circulam aos montes na internet e em vídeos, como aquela que citamos no início deste post, passando por outras mais ou menos famosas como  só compre uma coisa que você ficaria perfeitamente feliz em manter se o mercado ficasse fechado por 10 anos” (Warren Buffet), ou a famosa frase de Benjamin Graham que diz que “no curto prazo, o mercado é uma máquina de votação (voting machine), porém no longo prazo é uma balança”.

Mas por que investir com foco no longo prazo? Quanto tempo dura o longo prazo? 

Vamos apresentar a nossa visão sobre isso nos próximos parágrafos.

1.1 Por que investir com foco no longo prazo?


Quanto mais curto for o período de tempo, mais fortes são os efeitos dos ruídos no mercado de capitais. Porém, à medida em que o tempo passa, se você investe em bons negócios, a tendência é que o ruído de curto prazo seja só mais um ponto no seu gráfico.

Vamos usar o IBRX-100 como um exemplo. 

Veja o que aconteceu com quem comprou a carteira IBRX-100, que representa as 100 ações mais negociadas da bolsa, no período de 2007 a 2009. 

Quem entrou no começo do período e saiu no final por causa do susto trazido pela crise financeira mundial, perdeu dinheiro!



Agora vamos olhar para quem entrou no início de 2016 e ficou até o início de 2018. 

Esse indivíduo ganhou uma boa quantidade de dinheiro! 

O mesmo investidor que tinha comprado em 2007 e tivesse foco no longo prazo também teria ganhado muito mais dinheiro.





O que queremos dizer com isso? Quem investe por períodos de tempo mais curtos tem que, além de analisar bem onde vai investir, contar com a sorte.

No primeiro gráfico nós tivemos o efeito da Crise de 2008. Já no segundo gráfico nós pegamos o período pós-impeachment, em que o mercado estava muito eufórico.

Vejamos agora um período de tempo mais longo, desde a criação do IBRX-100. 

Percebam que, em uma carteira diversificada como o IBRX-100, o curto prazo é só um período do gráfico. 

O longo prazo é formado por vários períodos de curto prazo que vão se diluindo ao longo do tempo.


Resumindo a ideia do porquê de se investir pensando sempre no longo prazo: a volatilidade (Vol) pode ser muito forte em períodos curtos de tempo. Porém podemos fazer com que a nossa inimiga de curto prazo (a Vol) se torne a nossa amiga no longo prazo.

Mas como a Vol pode ser nossa amiga? 

Lembram do Joesley Day que já comentamos algumas vezes? Ele abriu uma ótima oportunidade de compra.

Quem aproveitou para comprar boas empresas com descontos se deu bem, pois além do efeito psicológico do desconto, considerando que o investidor segurou as ações para longo prazo, ele potencializou os efeitos dos juros compostos!

Mas quanto tempo dura o longo prazo?

1.2 Quanto tempo dura o longo prazo?

Já adianto que a resposta é subjetiva e varia de pessoa para pessoa. 

Longo prazo para vocês não é a mesma coisa que longo prazo para mim, não é a mesma coisa que longo prazo para o gestor de um fundo e não é a mesma coisa que longo prazo para Warren Buffet.

Para mim, longo prazo é a minha aposentadoria (independência financeira). 

Isso quer dizer que invisto com o objetivo de ter dinheiro suficiente para os rendimentos me manterem sem eu precisar trabalhar. 

Minha aposentadoria chegará quando esse dia chegar. Pode ser quando eu estiver com 50 anos, ou pode ser quando eu estiver com 70... ou outra data qualquer. Mas essa é a meta.

Geralmente, eu trabalho com um prazo maior do que 3 anos, que é um tempo que considero suficiente para os nossos investimentos começarem a maturar - mas isso varia de tese de investimento para tese de investimento. 

Warren Buffet, considera que o prazo de um bom investimento é para sempre!

Mas porque o prazo é muito longo quer dizer que não conseguiremos retornos bons de curto prazo? 

Não! 

Porque o longo prazo é composto de muitos ciclos de curto prazo. Porém no curto prazo a sorte (e eventuais crises financeiras, políticas, regulatórias etc) tem peso muito forte.

Eu prefiro fazer da Vol a minha amiga, aproveitando os juros compostos

E vocês?




Recomendação de leitura adicional:
DE LONG, J. Bradford et al. Noise trader risk in financial markets. Journal of political Economy, v. 98, n. 4, p. 703-738, 1990.

4 comentários:

Translate